Julia Blini, a designer de joias que já passou pela Jimmy Choo

A primeira vista, o título pode parecer meio estranho… Afinal, ela desenha joias ou sapatos? Os dois! Conheci o trabalho da Julia Blini numa visita deliciosa ao ateliê, em São Paulo, e fiquei super inspirada pela sua trajetória profissional. Ela estudou numa das escolas de moda mais conceituadas do mundo, o Studio Berçot em Paris – e de lá recebeu um convite para integrar a equipe de design da Jimmy Choo. “Eu levava totalmente a sério o meu aprendizado e ter sido chamada para trabalhar com eles foi consequência dessa dedicação”, explica a designer de joias.

Julia Blini designer de joias

Pois foi justamente essa determinação que, já de volta ao Brasil, a permitiu mergulhar no mundo da joalheria construir do zero a marca que leva o seu nome. “Pensei e estudei muito antes de abrir a minha marca, sou muito cautelosa”, relembra. O segredo para o seu sucesso? Foco e fazer tudo a seu tempo. “Prefiro criar as estratégias com calma e bem direcionadas e seguir assim, para tomar as decisões certas com a marca. Fui criando aos poucos minhas coleções”.

Sobre a escolha pelo design de acessórios

“Foi por acaso! No Brasil, na época em que me formei na Santa Marcelina, pouco se falava em acessórios. Foi fora do país que percebi que tinha mais facilidade com essa área e fui incentivada desde o início pelos meus mentores a seguir esse caminho.”

Sobre as diferenças entre criar sapatos e joias

“Eu trato da mesma forma, são duas áreas bastante técnicas. Gosto dessa atenção aos detalhes. Com sapatos eu já tinha bastante experiência em bordados, pedrarias e projetos especiais feitos à mão. Ferragens também. Sempre gostei dessa parte. A joalheria é um mundo maravilhoso, belo. As joias normalmente marcam datas importantes e especiais na vida das pessoas. Gosto de escutar essas histórias e de fazer parte delas.”

Julia Blini designer de joias Julia Blini designer de joias

Lado positivo e negativo

“A parte que eu mais gosto é a de concepção e desenvolvimento, passar os projetos para os fornecedores, ver pedras, pensar em cada peça individualmente e em cada detalhe. Eu tenho preguiça é dos atrasos nas entregas. Muita preguiça!”

Um conselho para trabalhar com design de joias

“Estudem bastante tudo que é relacionado a manufatura de joias. E tenham fornecedores de confiança. É muito importante que os clientes estejam seguros da qualidade do produto que estão adquirindo. O essencial é trabalhar com transparência e cuidado com o produto, uma joia é muitas vezes um marco na vida de uma ou mais gerações. É muita responsabilidade.”

 

Gostou?

Pra ficar sabendo (só uma vez por semana!) do que publicamos de mais legal aqui no Costanza Who,
clique aqui e cadastre seu email na nossa newsletter


2 comentários em Julia Blini, a designer de joias que já passou pela Jimmy Choo

  1. Julia Blini comentou:

    Marina, querida!
    Obrigada pelo carinho, a matéria ficou ótima!
    Beijos,
    Julia Blini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *