Organizando uma palestra na Honey Pie

Apenas um contexto rápido para quem está por fora: além de manter o Costanza Who, eu também cuido do marketing de uma marca de moda feminina chamada Honey Pie. Em abril a gente fez uma palestra com a Ale Garattoni sobre o mercado de trabalho da moda e eu resolvi compartilhar aqui no blog como rolou todo o processo pra organizar esse evento. Achei que valia a pena porque foi um grande aprendizado pra mim, e, mais do que isso, porque eu realmente adorei participar desse projeto.

Tudo começou numa das reuniões semanais que fazemos religiosamente às quinta-feiras, que a gente apelidou carinhosamente de #welovehoneypie. É quando a gente reúne todos os setores da parte administrativa da Honey Pie pra compartilhar o que cada um fez naquela semana e, em conjunto, gerar novas ideias pra espalhar nosso conceito por aí. As sócias da marca sempre tiveram duas vontades – usar o espaço da Maison para fazer cursos ou paletras e fazer algum tipo de ação dentro de faculdades de moda. Resultado: resolvemos unir as duas coisas, e a primeira universidade escolhida para esse evento-piloto foi a FAAP. Ale Garattoni na Honey Pie A seleção da palestrante, a jornalista e blogueira Ale Garattoni, não foi por acaso. Pra quem não sabe, eu conheço a Alessandra de um dos lançamentos do seu livro ItGirls e a gente trabalhou juntas por pouquinho tempo (um mês!) no e-closet, quando ela me chamou pra cobrir as férias de uma menina que trabalhava com as redes sociais do site. Essa experiência só me deixou ainda mais fã da sua ética de trabalho e segura do seu potencial, então não tive dúvidas ao sugerir que ela fosse a nossa escolha pra esse bate-papo. A gente procurava alguém que enxergasse a moda por um viés mais sério (menor glamour, sabe?), fosse carismática e tivesse muita experiência pra compartilhar com as estudantes – e é claro que a Ale não decepcionou.

Tomada a decisão do formato, partimos para a execução com pouco mais de um mês faltando. Precisávamos completar 40 vagas, sendo que 5 foram reservadas para leitoras da Ale Garattoni. Resolvemos que a divulgação das vagas ocorreria através de 2 canais: em cartazes distribuídos nos murais da própria FAAP e pelo facebook.. Mas é claro que nessas horas o marketing offline (ou boca-a-boca) é super importante e pra isso eu preciso agradecer à Giulia Song, aluna de moda da FAAP que embora não tenha conseguido vir no dia super me ajudou a espalhar a notícia vagas. E também à Isabela Mac, que criou um grupo do facebook chamado MacMagazine e me deixou usar esse espaço pra contar para as meninas da palestra. Já adianto que VÁRIAS se interessaram, foi uma parceria que deu muito certo.

Ah, uma informação importante: pra garantir que todas as meninas que se inscreveram viriam de fato, eu montei uma planilha (no excel mesmo!) com os dados de todo mundo e avisei no próprio e-mail de confirmação que ligaria dois dias antes para checar que a pessoa poderia vir. É claro que, apesar disso, cerca de 10% das meninas acabaram não aparecendo no dia por algum problema, mas estava dentro da margem do esperado e assim conseguimos minimizar esse número e repassar a vaga pra quem estava na lista de espera.

Ale Garattoni na Honey Pie Ao mesmo tempo, é claro que toda a equipe da Honey Pie se desdobrou pra cuidar de todos os detalhes do evento: as comidinhas e bebidas que seriam servidas, os kits que foram distribuídos, o telão que ficou passando fotos e vídeos da marca, a organização do espaço para sentar confortavelmente as 40 participantes e a função de cada pessoa durante aquele dia. Eu fiquei responsável por receber não só a própria Ale, mas todas as participantes e garantir que todo mundo tivesse uma tarde agradável (que chato, né?). Tive a chance de conversar com praticamente todas as meninas ali e fazer essa conexão com a Honey Pie – porque embora o foco do evento fosse, é claro, a palestra, a gente queria que todo mundo saísse de lá com boas lembranças.

Mas quem pensa que o trabalho acabou quando a última participante foi embora, está muito enganado! Houve todo um engajamento pós-evento. Ficou sob minha responsabilidade o contato com as participantes, então mandei um e-mail personalizado pra cada uma agradecendo a presença e enviando o link do nosso álbum do facebook com as fotos do evento. E depois disso, foi só continuar essa relação respondendo com todo carinho cada e-mail que a gente recebia. E posso dizer uma coisa? Tivemos uma resposta mega positiva de todo mundo, resultado de um trabalho atencioso em todas as etapas do processo.

Ale Garattoni na Honey Pie Aliás, descobrimos depois do evento que muitas meninas tinham blogs e foi muito interessante ler todos os posts sobre a palestra. Acho que não tem um feedback mais honesto do que aquilo que é publicado na internet e que está, pra todo mundo ver. Vou deixar aqui os links que recebi por enquanto: Ale Garattoni, A Melhor EscolhaThais Giubelli, Lili Monari, Stylic 1, Stylic 2 e Parla di Tutto. Pra maximizar essa relação com as blogueiras, a gente também aproveitou e compartilhou no facebook da Honey Pie os posts mais legais.

Balanço final: aprendemos muito mas adoramos o resultado. E vou encerrar com um spoiler: a gente achou que a Ale Garattoni tem tanto a ver com o conceito da Honey Pie que já estamos estudando novas parcerias com ela. É só uma questão de tempo pra ver o que a gente vai inventar agora.

7 comentários em Organizando uma palestra na Honey Pie

  1. Pamela Ribeiro comentou:

    Adorei, espero que a próxima palestra seja na minha universidade!

  2. Aysha Correa comentou:

    Oi Marina,
    O evento estava incrível. Eu não faço moda e fui como leitora da Alê, me senti super acolhida e ao mesmo tempo tive o privilégio de conhecer a Ale ao vivo!
    Parabéns!!

  3. Mariane comentou:

    Oi Má! Com toda a certeza todas nós adoramos a experiência!
    Também tem post no meu: http://parladitutto.com/?p=3626
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *