Confissão do mês: eu odeio fazer as unhas!

É isso mesmo, eu não tenho, nunca tive e nunca vou ter paciência pra ir semanalmente no salão manter minha manicure em dia. Quanto mais (credo!) fazer isso em casa. Não levo jeito, borro tudo e ainda me estresso porque sou perfeccionista. Admito também que não vejo a menor graça, por consequência, de ficar vendo manicure alheia. Blog só para falar de unhas? Passo longe!

Isso não quer dizer que quando a ocasião pede (leia-se formatura, casamento e só) eu não ceda à pressão, tome vergonha na cara e vá pintar as unhas, é claro. Mas nunca entendi o pavor de algumas pessoas em serem vistas de unha mal feita ou por fazer.

confissao_costanza-who

Cosmopolish, um dos primeiros Nail Bars de São Paulo

Eu ouso dizer que a humanidade nunca passou por um período tão imagético quanto o que estamos vivendo. Julgamentos baseados em primeiras impressões sempre foram feitos, mas em tempos de instagram é esperado das pessoas estarem cada vez mais impecáveis. Com a sobrancelha feita, a depilação em dia, a raiz retocada. Imagino que quem trabalha com moda deve sentir ainda mais essa pressão – parece que todo dia seu look precisa ser digno de uma fotografia de streetstyle.

Mas, voltando ao assunto, não é que sou favor de assumir totalmente o meu lado relaxado e ir trabalhar de pijamas, pelo contrário! Mas sou contra tudo o que assume esse caráter obrigatório e faz sentir mal quem não consegue aderir, sabe?

Outro dia o meu namorado fez um comentário meio de brincadeira sobre como gosta de quando eu estou com as unhas pintadas e gostaria que estivesse sempre assim. Na hora apitou o meu radar! Quer dizer que além de tudo o que eu já faço pra manter minhas belezas em dia, ainda preciso (ênfase no preciso) adicionar a manicure à lista? E ai de mim se estiver sem tempo ou até mesmo só com preguiça? Não, não!

PS: Que fique claro que o boy só falou isso despretensiosamente e depois que eu expliquei tudo isso pra ele, ele acabou me dando a razão. Só precisava de um exemplo mesmo! Nada de mal entendidos, rs.

2 comentários em Confissão do mês: eu odeio fazer as unhas!

  1. Silvia comentou:

    Sou exatamente assim. Pra mim, as pessoas que saem na rua vendo se as unhas das outras estão impecáveis, se as sobrancelhas estão feitas e bla bla bla simplesmente NAO DEVEM TER NADA MAIS INTERESSANTE PRA FAZER. Pior é ter 19 anos e conviver ainda com a mãe que nao vai ao mercado da esquina sem passar um batom. Ela diz que nao tenho autoestima, que nao gosto de mim mesma, mas simplesmente eu não curto essas frescuras. Claro, me arrumo quando é necessario, mas detesto me sentir a “patricinha de Beverly Hills”. Pra piorar, minhas cuticulas sao grudadas e toda vez quee vou à manicure (forçada pela minha mae, obviamente) saio com os dedos sangrando. Sofro com isso porque minha mãe não me entende e é a primeira a me criticar sempre.

  2. Manu comentou:

    Adorei o post e me identifico
    Odeio fz unhas e n ligo a minima pot q falam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *