Depois de uma coleção toda pautada pela Índia na temporada passada, de Spring 2016, Elie Saab assume de vez no desfile de Fall 2016 em Paris que sua imagem está tomando novos rumos – pelo menos por enquanto. Se é influência do trabalho de Alessandro Michele na Gucci a gente não pode dizer com certeza (é sim, é sim!), mas o fato  é que a nova consumidora jovem do ready to wear tem um espírito gipsy dentro de si.

Elie Saab assume de vez um novo momento da marca no desfile de Fall 2016 em Paris, criando para uma consumidora que tem um espírito gipsy dentro de si. As transparências e os bordados continuam presentes, aqui apresentado lado a lado com acessórios pesados e botas de couro.
Um dos meus looks favoritos dessa coleção. Tem transparência e bordado, mas também
bota de couro, gola alta e acessórios pesados (Fotos: Luca Tombolini / Indigital.tv)

“Para a temporada de inverno, ele acertou em cheio na atitude rock ‘n’ roll ao trazer o cantor dinamarquês MØ para se apresentar no desfile e ir a todo vapor com uma coleção digna do Coachella se ele fosse black-tie”, resumiu em poucas palavras Jessica Iredale para o WWD.

Os vestidos longos, de acabamento impecável, caimento preciso e com muitos, muitos detalhes, continuam marcando presença – como não podia deixar de ser. É, afinal de contas, o que será responsável por fidelizar as novas clientes que a Elie Saab pretende (e deve conseguir) conquistar.

Elie Saab assume de vez um novo momento da marca no desfile de Fall 2016 em Paris, criando para uma consumidora que tem um espírito gipsy dentro de si. As transparências e os bordados continuam presentes, aqui apresentado lado a lado com acessórios pesados e botas de couro. Elie Saab assume de vez um novo momento da marca no desfile de Fall 2016 em Paris, criando para uma consumidora que tem um espírito gipsy dentro de si. As transparências e os bordados continuam presentes, aqui apresentado lado a lado com acessórios pesados e botas de couro.

O mais interessante, na verdade, é ver como mesmo uma marca de moda festa, notoriamente elegante, foi capaz de aderir ao momento atual sem perder suas raízes. Não é uma questão de tendência, e sim de acompanhar a evolução dos desejos de consumo, já que a venda é, ou deveria ser, o objetivo final. E, ainda que essa coleção de Fall 2016 só vá chegar nas lojas aqui a 6 meses, ouso dizer que será um sucesso.

Write A Comment

Pin It