Cubículo fashion: a mesa da estagiária da Teen Vogue

Acho que poucas coisas me dão tanto prazer quanto ver onde e como as pessoas da indústria da moda vivem e trabalham. Não é de se espantar, portanto, que minha seção favorita aqui no blog seja justamente a Behind the Scenes, onde a gente fotografa e mostra como funcionam alguns dos principais escritórios desse universo. Ano passado fiz uma visita express ao escritório da Teen Vogue em NY, mas como não tinha nada a ver com o blog acabei não fotografando (ops!). Eis que a mesma empresa que remodelou a redação do Man Repeller fez um job super legal com a revista, e aí não deixei passar a chance de compartilhar por aqui.

Em parceria com um serviço de decoração chamado Homepolish, a Teen Vogue redecorou a mesa de uma estagiária da redação que só ficaria na revista por alguns meses (lá fora, os estágios de verão costumam ser bem curtinhos mesmo). O desafio era claro: como deixar o espaço com a sua cara quando você vai ter que abrir mão dele no final do semestre? Pois a fórmula do designer Justin DiPiero é simples e dá até pra adaptar no seu job sem gastar ou pirar demais:

  1. Adicione luz
  2. Adicione personalidade
  3. Organize

Nada de outro mundo, vai? Esse mix de revistas e livros com bolsas e sapatos é super simples e dá um impacto bem interessante, especialmente pra quem trabalha com jornalismo de moda (oi!). E o abacaxi porta-coisinhas? Uma graça!

A mesa da estagiária da Teen Vogue 1
A mesa da estagiaria da Teen Vogue 3 A mesa da estagiaria da Teen Vogue 4
A mesa da estagiária da Teen Vogue 1

Em tempo: tive um momento transmissão de pensamento hoje de manhã. Estava eu aqui, escrevendo esse texto em tempo real, quando abro o Business of Fashion e me deparo  justamente com uma matéria bem interessante sobre o novo momento da Teen Vogue. Em maio desse ano, a revista passou por uma transição importante: a editora-chefe Amy Astley deu lugar ao trio formado pela diretora criativa Marie Suter, a editora Elaine Welteroth e o diretor editorial digital Phillip Picardi. “Porque um adolescente compraria uma revista em 2016?” é o fio condutor, e a leitura vale cada minuto!

 

Gostou?

Pra ficar sabendo (só uma vez por semana!) do que publicamos de mais legal aqui no Costanza Who,
clique aqui e cadastre seu email na nossa newsletter


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *